Exclusivo

Médicos e enfermeiros esgotaram em quatro meses as horas extra

Médicos e enfermeiros esgotaram em quatro meses as horas extra

Até abril, trabalho suplementar dos profissionais de saúde tinha aumentado 73%, face a período homólogo do ano passado.

A terceira vaga da pandemia arrastou o Serviço Nacional de Saúde (SNS) para volumes de trabalho suplementar nunca vistos. Só nos primeiros quatro meses deste ano, os profissionais de saúde já fizeram 8,2 milhões de horas extra, num aumento de 73% face ao período homólogo de 2020, durante a primeira vaga. A situação é de tal ordem que, neste momento, há médicos e enfermeiros que já ultrapassaram o limite anual.

De acordo com os dados do portal de monitorização do SNS, até abril havia registo de mais 3,5 milhões de horas suplementares trabalhadas, maioritariamente em serviço extraordinário diurno e noturno. No total, contabilizam-se 8,184 milhões de horas (+73%) em quatro meses. Quase metade do total registado em todo o ano de 2020. Refira-se que, no ano passado, atingiram-se as 17,4 milhões de horas extra, num acréscimo de 20%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG