Finanças

Medina nas Finanças ganha nova vida após a derrota em Lisboa

Medina nas Finanças ganha nova vida após a derrota em Lisboa

O economista Fernando Medina destacou-se por ter sido presidente da Câmara Municipal de Lisboa entre 2015 e 2021. Agora, depois da inesperada derrota nas eleições para a Autarquia lisboeta, em setembro de 2021, ganha segunda vida e nova oportunidade para se lançar na sucessão de António Costa.

Em 2015, quando chegou à presidência da Câmara de Lisboa, Fernando Medina sucedeu a António Costa que estava de saída para liderar o Governo da solução que ficou conhecida como "geringonça". Em 2017, Medina venceu mesmo as Autárquicas, mas sem maioria absoluta, e em 2021 acabaria por perdê-las para Carlos Moedas.

Fernando de Medina Maciel Almeida Correia tem 49 anos e nasceu no Porto. É licenciado em Economia pela Universidade do Porto e concluiu o mestrado em Sociologia Económica no Instituto Superior de Economia e Gestão.

A nomeação para a pasta das Finanças representa um regresso às funções governativas, uma vez que já foi secretário de Estado do Emprego e Formação Profissional no primeiro Governo de José Sócrates, e secretário de Estado Adjunto, da Indústria e do Desenvolvimento no segundo governo do mesmo primeiro-ministro. Fernando Medina é uma das caras novas do Governo e também é um dos apontados à sucessão de António Costa como secretário-geral do PS.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG