Legislativas 2022

Milhares de membros de mesa de voto serão vacinados este fim de semana

Milhares de membros de mesa de voto serão vacinados este fim de semana

Milhares de membros de mesa de voto serão vacinados este sábado. Caso seja necessário, a imunização, que é voluntária, poderá realizar-se também no domingo. Será administrada a dose de reforço a todos que desejarem. Quem não tiver sido vacinado ou não tiver o esquema vacinal completo, também poderá aproveitar esta oportunidade para fazê-lo.

A convocatória será feita por SMS, com base na informação disponibilizada pelos municípios.

A Secretaria Geral do Ministério da Administração Interna solicitou às câmaras o envio da lista de todos os elementos que estarão ao serviço nas secções de voto no dia 23 (data do voto antecipado em mobilidade) e no dia 30. A maioria já remeteu a informação, identificando todos os escrutinadores com o número de utente e o contacto mais direto.

O trabalho seguinte cabe ao Núcleo de Coordenação de Apoio ao Ministério da Saúde, que terá de identificar quem ainda não recebeu a dose de reforço e já está em condições de ser imunizado novamente. Os elegíveis receberão um SMS, convocando-os para o centro de vacinação local. No entanto, a vacinação é voluntária.

Quem não receber a convocatória, mas seja elegível para a dose de reforço também pode ser vacinado. No dia 15, no próximo sábado, os centros de vacinação estarão dedicados a imunizar os escrutinadores e os funcionários das juntas. Se ainda houver gente para imunizar, o processo de vacinação continuará no domingo.

"Haverá ainda senhas digitais para as pessoas elegíveis que não recebam a mensagem, mediante a apresentação de um documento comprovativo das funções em causa", especifica, em comunicado, o Ministério da Administração Interna.

Quase 90 mil pessoas
O JN apurou que os membros de mesas de voto e os funcionários das juntas afetos ao apoio ao ato eleitoral que ainda não foram vacinados ou não tenham completado o esquema vacinal podem fazê-lo, também, nos próximos sábado e domingo.

PUB

Como noticiou o JN, nas eleições legislativas, estarão quase 90 mil pessoas mobilizadas para trabalhar nas mesas de voto em dois momentos do sufrágio: no dia do voto antecipado e no dia oficial das eleições. De acordo com a informação prestada pelo Ministério da Administração Interna, estarão ao serviço das legislativas 88 650 mil elementos para apoiar os eleitores nas mesas de voto: 13 030 nas 2606 secções dedicadas ao voto antecipado em mobilidade no dia 23 e 75 620 nas 13 821 secções disponibilizadas no dia 30.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG