Exclusivo

Mortalidade já está acima do esperado e onda de calor ameaça mais vulneráveis

Mortalidade já está acima do esperado e onda de calor ameaça mais vulneráveis

Fim de semana com 140 óbitos em excesso com termómetros no vermelho. Hospital de S. João avança com plano interno para temperaturas adversas.

A mortalidade por todas as causas está novamente acima do esperado, com 140 óbitos em excesso no passado fim de semana. Com a esperada subida das temperaturas nos próximos dias, com grande parte do país com máximas acima dos 40º C, aumenta o risco de incêndio e de descompensação das populações mais vulneráveis, nomeadamente os idosos. Até sexta-feira, Portugal está em situação de contingência, apelando António Costa à "responsabilidade de cada um".

De acordo com os dados do sistema de vigilância da mortalidade eVM (recolhidos às 15.30 de ontem), a mortalidade estava, no domingo, "acima do esperado", registando-se 680 óbitos no fim de semana, metade dos quais de pessoas com 85 ou mais anos de idade. Ao JN, o matemático Carlos Antunes calcula um excesso, face à média 2015-2019, de 84 óbitos no sábado e de 92 no domingo. Expurgando as mortes por covid, são 140 os óbitos em excesso naquele período.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG