Balanço

Pelo menos 114 mortos em incêndios até 17 de novembro

Pelo menos 114 mortos em incêndios até 17 de novembro

Pelo menos 115 pessoas morreram em fogos florestais em 2017. O balanço foi atualizado esta sexta-feira, depois de um homem ter sido encontrado carbonizado no perímetro de um incêndio em Mangualde.

Além das 64 vítimas mortais contabilizadas na lista oficial sobre os incêndios que deflagraram na zona de Pedrógão Grande, distrito de Leiria, a 17 de junho e dos 45 mortos provocados pelos fogos da região Centro de 15 de outubro, há registo de mais cinco vítimas.

A 20 de agosto, um piloto que combatia as chamas morreu em Castro Daire (Viseu) e, a 30 de setembro, uma pessoa foi encontrada morta em Paços de Ferreira (Porto), também na sequência de um incêndio florestal.

Em Oleiros (Castelo Branco), um homem que operava uma máquina de rasto morreu no combate a um incêndio a sete de outubro e, três dias depois, uma outra pessoa foi encontrada morta no Sabugal, também após um fogo.

Esta sexta-feira, um homem de aproximadamente 70 anos foi encontrado morto na sequência de um incêndio em Mangualde, Viseu.

Além disso, há ainda registo de um desaparecido em Folgosinho, Gouveia, e um outro na Sertã.