Pandemia

Portugal atinge novo máximo diário de casos de covid-19

Portugal atinge novo máximo diário de casos de covid-19

Portugal registou 19 mortes e 17172 novos casos de covid-19, no boletim diário da DGS divulgado esta terça-feira. Este é o valor mais alto de sempre, ultrapassando os 16432 do boletim divulgado no dia 28 de janeiro de 2021.

Com dados relativos ao primeiro dia útil a seguir ao Natal, o documento da DGS revela ainda um aumento de 22 internamentos em enfermaria geral (total de 936 internados) e dois em unidades de cuidados intensivos (total de 152), valores muitos diferentes dos registados a 28 de janeiro: 6565 internados e 782 em cuidados intensivos. Nesse dia, havia o registo de 303 mortos.

No balanço entre novos casos e infetados recuperados, houve esta terça-feira um aumento de 8927 casos ativos, para 114541.

PUB

Lisboa e Vale do Tejo é a região do país com mais casos (8576), seguido pela região Norte (5046), Centro (2124), Algarve (417) e Alentejo (325). A Madeira registou mais 516 casos e os Açores 168. Na distribuição de óbitos, foram registados seis em Lisboa, cinco no Centro, quatro no Norte, dois no Algarve e dois na Madeira.

Em relação ao dia anterior, as autoridades de saúde têm mais 6.976 contactos em vigilância, totalizando 134.645 pessoas.

Segundo os dados da DGS, a maioria dos óbitos diários continua a registar-se entre os idosos com mais de 80 anos, num total de oito, seguido da faixa etária dos 60 aos 69, com seis mortes registadas, tendo ainda ocorrido quatro mortes entre os 70 e os 79 anos e uma entre os 50 e os 59 anos.

Há um ano

Comparativamente com a situação registada em Portugal no mesmo dia há um ano, o país tem hoje mais 15.079 novos casos de infeção (contabilizaram-se 2.093 novos casos a 28 de dezembro de 2020) e mais 46.234 casos ativos (há um ano totalizavam 68.307).

O número de internamentos é significativamente inferior, uma vez que há um ano estavam internadas 2.967 pessoas, 503 das quais em cuidados intensivos, havendo também menos óbitos (no mesmo dia, o boletim da DGS contabilizava 58 mortes nas 24 horas anteriores).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG