"Nobel da Educação"

Professora de Amarante é a melhor do ano

Professora de Amarante é a melhor do ano

Maria Elsa Cerqueira, professora de Filosofia na Escola Secundária de Amarante, é vencedora deste ano do Global Teacher Prize Portugal, o "Nobel da Educação". O prémio foi entregue esta tarde, numa cerimónia transmitida online. A professora de Amarante foi considerada a melhor de um rol de 10 finalistas, apurados de um total de 186 candidaturas.

A docente, que se move pelo desafio de criar e implementar "pequenas utopias", com o intuito de potencializar o desenvolvimento de cidadãos críticos e criativos para uma sociedade mais humanizada, criou o projeto de Filosofia com Cinema.

Esta sexta-feira, Elsa Cerqueira disse acreditar que "todos possuem uma vocação filosófica e só precisam de ser estimulados a descobrirem as suas perguntas filosóficas, aprenderem a escuta-las e a serem escutados".

De acordo com Elsa Cerqueira, "estão sempre a crescer utopias". "De "salas de aulas dentro, mas sobretudo salas de aulas de fora, de fora das escolas, sem ninguém estar enfileirado. De turmas concebidas como comunidades de investigação", entre outros exemplos que apontou no discurso de agradecimento.

A propósito do cinema, falou da "potência criadora da partilha intergeracional". A professora de Amarante disse, ainda, que "pensar e agir com o cinema, dentro e fora do filme, dentro e fora da escola, dentro e fora das comunidades, nos permite percorrer um caminho plural, múltiplo, solidário e de aperfeiçoamento incessante".

Esta sexta-feira foi, também, entregue uma menção honrosa a Bruno Gomes, pela adaptação e inovação no ensino à distância. O professor de Educação Física do Agrupamento de Escolas João de Deus, Faro, desenvolveu um concurso que junta cultura e desporto, este ano apelidado de Licíadas. É uma resposta irreverente e inovadora para que atividades curriculares e outras possam coexistir num sistema de ensino que formate menos e humanize mais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG