Documentos

PSD diz que serviços consulares no Reino Unido estão em "pré-ruptura"

PSD diz que serviços consulares no Reino Unido estão em "pré-ruptura"

O PSD denunciou o "grande atraso no processamento de documentos de identificação" no consulado de Londres, questionando o ministério dos Negócios Estrangeiros sobre as razões que levaram à decisão do fecho desses serviços ao sábado. Os sociais-democratas lembram que o período de espera para emissão de documentos "já ultrapassa oito meses".

"A partir da presente semana, o consulado de Portugal em Londres retoma o horário normal de abertura", lembra o grupo parlamentar do PSD na pergunta enviada ao ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

O espaço deixará, assim, de funcionar aos sábados, "sendo que acontecerá o mesmo em setembro com o consulado de Portugal em Manchester". Para o partido, esta decisão do Governo presta "um mau serviço aos nossos compatriotas" e deixa os serviços em situação de "pré-ruptura".

O PSD acrescenta que os portugueses residentes no Reino Unido "continuam a encontrar dificuldades nos agendamentos para renovação de Cartão do Cidadão e de passaportes", afirmando que alguns desses agendamentos já estão a ser marcados "apenas para março de 2022".

O partido denuncia que a decisão de encerrar os balcões ao sábado foi tomada sem existir "qualquer medida alternativa". Lembrando já ter levantado esta questão em novembro, os sociais-democratas recordam que, na altura, "o Governo referiu que iria resolver a situação com reforço de recursos humanos, de meios informáticos e manutenção do horário de funcionamento alargado em ambos os Consulados-Gerais".

Desta forma, a decisão do Executivo é "completamente contraditória" face ao que tinha sido respondido no final de 2020, defende o PSD. O partido vinca que, "apesar de já ter terminado o período de candidatura ao Sistema de Registo de cidadãos da União Europeia" no Reino Unido, os consulados devem continuar a oferecer "uma resposta cabal e adequada" aos portugueses residentes naquele país.

A pergunta do PSD exige que o Governo anuncie que "medidas concretas" irá tomar de modo a corrigir a situação "no curto prazo", indagando também se o Executivo está "disponível" para reverter a decisão de encerrar os serviços consulares aos sábados. O partido defende ainda o reforço dos consulados a nível de pessoal e meios informáticos.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG