Condução

Quase 1400 condutores em vias de ficar sem carta

Quase 1400 condutores em vias de ficar sem carta

Quase 1400 condutores estão em risco de perder a carta de condução por terem ficado sem a totalidade dos 12 pontos.

Desde 2016, quando o modelo entrou em vigor, e até fim do ano passado, 930 pessoas tinha ficado sem carta, o que mostra que só agora o modelo começa a ter a eficácia prometida: face ao final de 2018, são quase três vezes mais as pessoas em risco de perder a carta (1350 quando em novembro de 2018 eram 500) e quase oito vezes mais os que a perderam (eram 118 em 2018), um aumento de 680%.

Os dados revelados ao JN pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) mostram que o sistema da carta por pontos está a entrar em velocidade de cruzeiro e essa é também a opinião dos especialistas. José Miguel Trigoso, presidente da Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP), acredita que nos próximos tempos "irá haver muitos mais condutores a perder pontos porque os autos levantados nestes últimos três anos por infrações graves e muito graves são muitíssimo mais do que os 153 786 condutores que já sofreram subtração de pontos. Acho que todos os anos são levantados por infrações graves e muito graves cerca de 300 mil autos".

Ler mais na edição impressa ou na versão e-paper

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG