Calor

Temperaturas começam hoje a subir e chegam aos 40 graus no fim de semana

Temperaturas começam hoje a subir e chegam aos 40 graus no fim de semana

As temperaturas máximas vão subir a partir desta quarta e até sexta-feira, podendo atingir 40 graus Celsius em alguns locais do litoral, Vale do Tejo, Vale do Douro e interior do Alentejo.

A meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) Maria João Frada adiantou à agência Lusa que para hoje está prevista uma subida dos valores da temperatura máxima da ordem dos 4/7/8/9 graus nas regiões do litoral oeste.

"Vamos ter também hoje uma diminuição da intensidade do vento relativamente aos dias anteriores. Gradualmente as temperaturas tendem a subir também dia 15 e 16 [quinta e sexta-feira] e manter-se-ão elevadas pelo menos até dia 17 [sábado]. No dia 18 [domingo] está prevista uma descida dos valores da temperatura máxima", disse.

De acordo com Maria João Frada, as temperaturas máximas vão chegar a sábado com valores a variar entre os 30 e os 35 graus, mas em alguns locais do litoral, Vale do Tejo, Vale do Douro e interior do Alentejo serão superiores e deverão oscilar entre os 37 e os 40 graus.

"Por isso, emitimos avisos de tempo quente inicialmente pelos distritos do litoral porque a subida hoje é no litoral, mas com a subida gradual nos próximos dias, esses avisos estendem-se às regiões do interior. Os únicos que em princípio não terão aviso serão os distritos de Faro e Setúbal", indicou Maria João Frada.

"Nos próximos dias vamos ter céu pouco nublado ou limpo com tempo quente e temperaturas acima da média e em alguns locais a contribuir para onda de calor pois estão cinco graus acima daquilo que são os valores médios para a altura do ano em algumas estações do IPMA. Não quer dizer que vai haver uma onda de calor, mas as temperaturas são elevadas. Também estamos no verão e tudo isto é normal", sublinhou.

PUB

A partir de domingo, as temperaturas vão descer 4 a 7 graus Celsius. "Já a partir de hoje vamos ter o instalar de uma corrente de leste, um vento do interior da Península Ibérica que transporta massas de ar quente. Esse vento vem até ao litoral e dai a subida ser hoje no litoral oeste e depois estende-se, mas depois no domingo prevê-se a entrada de ar do mar, um vento com componente marítima que é mais fresco que fará descer as temperaturas máximas", explicou o meteorologista

Vinte e sete concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Portalegre, Viseu, Coimbra e Castelo Branco apresentam esta quarta-feira um risco máximo de incêndio: Portimão, Monchique, Loulé, São Brás de Alportel e Tavira (Faro), Portalegre, Marvão, Castelo de Vide, Nisa e Gavião (Portalegre), Vila Velha de Ródão, Castelo Branco, Fundão, Proença-a-Nova, Sertã e Vila de Rei (Castelo Branco), Mação, Sardoal, Tomar, Sardoal, Ferreira do Zêzere, Abrantes, Vila Nova da Barquinha, Constância e Chamusca (Santarém), Oliveira do Hospital (Coimbra) e Carregal do Sal (Viseu).

O IPMA colocou também vários concelhos de todos os distritos do continente (18) em risco muito elevado e elevado de incêndio. O risco de incêndio vai manter-se elevado em algumas regiões do continente pelo menos até domingo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG