IPMA

Frio, neve e vento. Temperaturas vão descer até 8 graus

Frio, neve e vento. Temperaturas vão descer até 8 graus

Uma massa de ar polar com origem na Islândia traz, para quinta-feira, frio e vento, num desconforto térmico mais expressivo no interior Norte e Centro.

É esperada neve no extremo Norte, estando toda a costa marítima em alerta laranja, com ondas que poderão chegar aos 14 metros de altura máxima. As autoridades de saúde mantêm-se vigilantes e, em caso de aumento da procura, estão preparadas para alargar horários e reforçar equipas.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) emitiu, esta terça-feira, avisos amarelos para oito distritos para neve acima dos mil metros e vento forte que pode atingir os 110 km/h nas terras altas. "As temperaturas deverão descer, entre quinta e sexta-feira, entre cinco a oito graus, descendo mais nas terras altas", explica o meteorologista do IPMA Ricardo Tavares ao JN.

A tendência de neve será mais evidente, diz, no "extremo Norte, nomeadamente Serra da Estrela, Gerês e Norte de Bragança", podendo atingir os dez centímetros. Amanhã já só há aviso amarelo para neve em Viana do Castelo, Braga, Bragança e Vila Real.

Na quinta e sexta-feira, toda a costa estará sob aviso vermelho. O aviso entra em vigor a partir das 12 horas de amanha e termina às 3 horas de sexta, prevendo-se ondas de noroeste com sete a oito metros, podendo atingir os 15 metros de altura. São esperados ainda aguaceiros, bem como granizo e trovoada, hoje, no Norte e Centro. A partir de sábado e domingo, adianta Ricardo Tavares, "as temperaturas começam a subir, sempre com alguma precipitação nas terras altas".

ARS Norte preparada

A Direção-Geral da Saúde (DGS) tem, desde o início de outubro, ativo o seu módulo de inverno do plano de contingência para temperaturas extremas adversas. Fonte oficial fez saber que a DGS está "vigilante", não estando para já prevista qualquer medida adicional.

A Administração Regional de Saúde do Norte, por sua vez, está "permanentemente preparada para responder ao aumento da procura, caso se justifique, alargando os horários de funcionamento e reforçando as equipas",informou fonte oficial ao JN.

Veja as previsões para o seu concelho aqui.