Covid-19

Adriano Maranhão recebe alta hospitalar e quer regressar a Portugal

Adriano Maranhão recebe alta hospitalar e quer regressar a Portugal

O tripulante português do cruzeiro "Diamond Princess" no Japão teve resultado negativo nos dois testes de infeção do Covid-19 e vai ter alta hospitalar.

A informação foi confirmada pela esposa do português internado no Japão, Emanuelle Maranhão."Após as duas análises às narinas e saliva, estávamos a aguardar que as duas dessem negativo, porque assim ficaria então comprovado que não é portador, nem está contagioso, nem sequer tem a doença dentro do sistema dele", disse Emanuelle Maranhão em declarações à Lusa.

O canalizador do cruzeiro "Diamond Princess" (internado desde a passada terça-feira) teve anteriormente um resultado positivo e outros dois resultados negativos à infeção por Covid-19. As duas últimas análises deste sábado, que despistaram o coronavírus, ditaram a sua alta hospitalar.

A esposa do português esclareceu aos jornalistas que foi dado ao marido um "certificado de alta hospitalar" e por isso, deverá sair da unidade nos próximos dias. Os próximos passos, segundo o casal, ditam que a empresa do cruzeiro "Diamond Princess" receba o certificado de Adriano Maranhão e depois o português aguarde num hotel por autorização para sair do Japão e regressar a Portugal.

Emanuelle Maranhão espera que o marido esteja entre quinta e sexta-feira na Nazaré, onde a família reside. Em declarações aos jornalistas a partir do Japão, Adriano Maranhão confirmou que será a empresa que terá de dar andamento ao processo de regresso a território português. "Será uma questão de horas" até sair do hospital no Japão, acrescentou.

De acordo com o presidente da Câmara Municipal da Nazaré, Walter Chicharro, há mais funcionários portugueses do cruzeiro "Diamond Princess" a fazer quarentena.

Outras Notícias