Exclusivo

Vazio legal segura cartazes políticos na rua

Vazio legal segura cartazes políticos na rua

Não há prazos para a retirada de propaganda eleitoral. A lei impõe regras na afixação ou colocação de material, mas é omissa no que respeita ao seu desaparecimento de locais públicos após os dias de votos. E se há exceções, nomeadamente no que respeita a candidaturas independentes, a maioria esquece outdoors, cartazes ou pendões. Por semanas ou para sempre. Já lá vão 13 dias após as autárquicas.

O JN percorreu algumas cidades onde ainda são visíveis rostos e promessas. E ouviu responsáveis nacionais sobre a questão.

Líder parlamentar e porta-voz do PAN, Inês Sousa Real assegura que, até ao início da próxima semana, serão substituídas as lonas dos 19 outdoors e retirados os 120 múpis e os cartazes utilizados durante o período de campanha eleitoral.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG