O Jogo ao Vivo

Cada saída é planeada com meses de antecedência. Ao nascer do dia, as equipas embarcam para reparar as três turbinas que estão em plataformas flutuantes a 20 quilómetros da costa, ao largo de Viana do Castelo.

Windfloat Atlantic

Embarcam ao amanhecer para tratar do parque eólico flutuante ao largo de Viana

Embarcam ao amanhecer para tratar do parque eólico flutuante ao largo de Viana

Em quase dois anos, as três turbinas amarradas ao leito marinho por sistemas de ancoragem já produziram o equivalente ao consumo de eletricidade de 100 mil pessoas.

O projeto Windfloat Atlantic foi pioneiro a nível mundial e é uma parceria entre a Ocean Winds (EDP Renováveis e Engie), Repsol e Principle Power.

O acesso às turbinas requer condições de segurança rigorosas e é condicionado pelo estado do mar. A manutenção do projeto implicou que fossem trabalhadas 1083 horas em alto mar, e das 116 tentativas de acesso às plataformas, 28 tiveram que ser canceladas por não estarem garantidas a segurança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG