O Jogo ao Vivo

A ABRIR

Belém a Deus pertence

Belém a Deus pertence

Em estado de graça. Ainda o não vimos noutra situação desde a sua chegada a Belém, na qualidade de presidente da República. Antes disso, também não, desde que começou a dar notas na TSF e acabou na TVI. Marcelo. E nem o suspense - que de tempos a tempos espevita sobre a recandidatura, a novo mandato - atinge a dimensão dos tradicionais "tabus" da política portuguesa.

Questionado sobre o seu futuro político, o presidente da República, de um estado laico, afirma que tal matéria a Deus pertence. Ou, segundo as suas próprias palavras, "está nas mãos de Deus". Assim aviada a resposta. Marcelo Rebelo de Sousa espera um sinal divino; na devida altura, Deu lhe dirá se se deve ou não recandidatar. Tal posição, mesmo em tempo de estio, vinda de um outro chefe de Estado da República Portuguesa seria intolerável. Todavia, a Marcelo tudo se perdoa. Tudo é plausível e cheio de afetos.

Mesmo alimentando o tabu, criado pelo próprio, quando afirma, por exemplo, "campanhas, se Deus quiser, não há mais nenhuma", isso não significa a exclusão de uma recandidatura. Campanha, como nenhum outro presidente, faz todos os dias. A eleição foi apenas um marco no seu percurso político. Marcelo anda permanentemente em atividade eleitoral, como se isso fosse o normal: fala de tudo e mais alguma coisa, várias vezes por dia. Sem dúvida, é um presidente que ainda conseguiu (ou não quis) deixar na penumbra o papel de comentador.

Fala de tudo e, por esse motivo, poucas são as vezes que fala de alguma coisa. Marcelo Rebelo de Sousa é o presidente instantâneo, mediático.

É dele que o país gosta, com quem se identifica: faz-nos crer ser um dos nossos, sente como o comum dos mortais (temente ou não a Deus) as mesmas dores, frustrações e angústias. Acredito que o faça genuinamente, que o seu roteiro de férias pela geografia da desgraça seja do coração. Não podemos, no entanto, ser completamente ingénuos. A campanha eleitoral está na rua, e ao rubro.

*Editora-executiva-adjunta

ver mais vídeos