Entrevista

Ana Bravo: "Comer é um ato de amor"

Ana Bravo: "Comer é um ato de amor"

"O amor é a fonte de tudo o que é bom" e é a chave do novo livro da nutricionista Ana Bravo, lançado esta semana, que propõe aos leitores um "mergulho" interior em busca do equilíbrio.

Cinco anos após a publicação de "A dieta viva!", a "conselheira" de figuras públicas, como a atriz Rita Pereira ou a cantora Carolina Deslandes (que escreve o prefácio), confessa ao JN que pensou muito antes de avançar para a publicação do seu livro "mais íntimo e profundo". "Exponho-me porque admitir as nossas fragilidades e falar sobre elas não nos torna mais fracos e pode ajudar outras pessoas que passam pelo mesmo. Eu não sou perfeita e não vivo num mundo cor de rosa". Um diagnóstico perto da síndrome de burnout, há quase dois anos, fê-la perceber que tinha de parar e refletir. "Deixei de me escutar. De me prestar atenção. E isso teve consequências na forma como me alimentava", admite ao JN.

Numa altura em que a informação sobre a alimentação se multiplica na Internet e a perfeição é quase imposta pelas redes sociais, a nutricionista alerta para a necessidade de desacelerar e aprender a saborear os alimentos. "É urgente voltar a sentir a comida como antes. Estamos a perder algo que faz, e sempre fez, parte da nossa cultura e que tanto a enriquecia", escreve no livro.

Ler mais na edição impressa ou na versão e-paper

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG