Pessoas

O poderoso relato de Evan Rachel Wood sobre abuso sexual

O poderoso relato de Evan Rachel Wood sobre abuso sexual

Evan Rachel Wood revelou ter sido vítima de abusos num poderoso testemunho pessoal no Congresso dos EUA. Disse ter sido "espancada e insultada de forma indescritível".

A atriz norte-americana, de 30 anos, relatou como foi violada por parte de um ex-namorado enquanto estava inconsciente. "Fui torturada física e mentalmente, até ele sentir que eu tinha conseguido provar o meu amor por ele", disse Evan Rachel Wood.

De acordo com a BBC, a protagonista de "Westworld" revelou também que foi submetida "a abusos tóxicos mentais, físicos e sexuais", que estes incluíam "rituais doentes" como amarrar-lhe as mãos e os pés e, de seguida, ser "espancada e insultada de forma indescritível".

PUB

Sete anos após o sucedido, Evan Rachel Wood acabaria por ser diagnostica com Transtorno de Stresse Pós Traumático. "Achava que estava a ficar louca", confessou.

Os acontecimentos continuaram presentes na memória da intérprete de Tracy no filme "Thirteen" (2003), que disse ainda que a sua "autoestima" e o seu "espírito foram quebrados", acrescentando também que estava perturbada e que "esse medo" está consigo "até hoje".

Wood foi uma das três mulheres que deram o testemunho pessoal para apoiar a Carta dos Direitos das Vítimas de Violência Sexual, cujo objetivo é dar acesso às vítimas de abusos sexuais a conselheiros especialistas em agressões e a explicações claras sobre os seus direitos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG