Polémica continua

Pai de Meghan mentiu a Harry e desligou-lhe telefone na cara

Pai de Meghan mentiu a Harry e desligou-lhe telefone na cara

O pai de Meghan Markle voltou a dar uma entrevista e desta vez admitiu ter mentido a Harry acerca do esquema que combinou com um "paparazzo". Ao descobrir a verdade, Harry confrontou Thomas Markle e este ter-lhe-á desligado o telefone na cara.

No passado mês de maio, o jornal "Daily Mail" desmontou um esquema combinado entre o pai de Meghan Markle e o "paparazzo" Jeff Rayner. O fotografo captou imagens de Thomas Markle a preparar-se para o casamento da filha e vendeu-as por mais de 100 mil euros.

O esquema foi descoberto e o próprio Thomas Markle viria a admiti-lo e a pedir desculpas. Agora, o pai da duquesa de Sussex deu uma entrevista ao jornal que expôs o esquema em que se viu envolvido e deu conta de duas conversas que teve com o príncipe Harry acerca do tema.

Segundo Thomas Markle, Harry telefonou-lhe antes de a história vir a público e perguntou-lhe se era verdade. O norte-americano disse que "não" e o príncipe deixou-lhe uma aviso: "O Harry disse-me para nunca recorrer à imprensa. Ele disse-me, 'eles vão come-lo vivo'. E tinha razão."

Depois de o escândalo se tornar público, Harry terá voltado a contactar o sogro. Na altura, Thomas Markle encontrava-se a recuperar do ataque cardíaco que o impediu de ir ao casamento da filha. O príncipe terá dito que tal "nunca devia ter acontecido" e Markle irritou-se. "Talvez fosse melhor para vocês se eu estivesse morto... aí podiam fingir que estavam tristes", de seguida terá desligado o telefone ao príncipe.

Contudo, Thomas Markle admite que Harry "tinha razão" para reagir da forma como reagiu. Apesar de Harry e Meghan estarem casados desde maio, genro e sogro ainda não se conheceram pessoalmente.

Outras Notícias