EUA

Conor McGregor foi detido novamente. Desta vez destruiu telemóvel de fã

Conor McGregor foi detido novamente. Desta vez destruiu telemóvel de fã

O lutador de MMA McGregor foi detido, no hotel Fontainebleau, em Miami, após ter tirado e destruído o telemóvel de um fã quando este lhe tentava tirar uma foto ao lutador.

O incidente ocorreu na entrada de um clube noturno em Miami Beach, durante a madrugada de segunda-feira, e foi captado por câmaras de vigilância. Após Conor McGregor subtrair o telemóvel ao homem de 22 anos, quando este lhe tirava uma foto, destruiu-o, atirando-o para o chão e pisando-o várias vezes.

O lutador foi acusado pelas autoridades de roubo e comportamento ilícito, tendo sido libertado, cinco horas após ser detido, sob uma fiança de 11 mil euros.

A detenção acontece três dias depois de McGregor ter completado serviço comunitário em Brooklyn, devido a confrontos violentos quando, juntamente com cerca de dez pessoas, atirou objetos contra um autocarro que transportava outros lutadores de MMA, em abril do ano passado. Realizou tarefas domésticas em igrejas, descrevendo a experiencia como "humilhante", de acordo com um pastor.

O lutador irlandês ainda cumpre uma suspensão por outro desentendimento, no UFC 229, em outubro de 2018. Conor McGregor, que protagonizou uma luta generalizada com os amigos de Khabib após o confronto entre os dois, só pode regressar aos combates em abril.