Efeméride

Os 95 anos da rainha Isabel II sem pompa e de luto

Os 95 anos da rainha Isabel II sem pompa e de luto

Monarca britânica celebra primeiro aniversário após morte do marido, no Castelo de Windsor e sem salvas de tiros nem retrato oficial.

A rainha Isabel II está hoje de parabéns pelo 95.° aniversário, mas é sem pompa ou circunstância que celebrará mais um ano de vida, mais uma vez de forma atípica. Depois de, no ano passado, a pandemia ter obrigado a alterar os planos, desta vez a data é marcada pela morte do marido, o príncipe Filipe, ocorrida há quase duas semanas.

O funeral realizou-se no passado sábado e a tristeza esteve presente na expressão da viúva, que antes já tinha reconhecido o "enorme vazio" pela recente perda.

Isabel II completa mais um ano de vida, o primeiro sem Filipe a seu lado. Os dois estiveram casados 73 anos, até que a morte os separou, e eram muitos os momentos que partilhavam. Entre eles, os pequenos-almoços a ouvir rádio.

Além disso, o duque de Edimburgo era o único que a tratava por Lilibet, a alcunha que lhe tinha sido atribuída pelo pai, o rei Jorge VI, ainda em criança. Também os momentos de alegria a dois ficam para a memória e, por isso, o aniversário da rainha será diferente, se bem que já seria assinalado com restrições ainda por causa da covid-19.

De acordo com a imprensa britânica, pelo segundo ano consecutivo não haverá o tradicional desfile de homenagem e as 41 salvas de tiros e 21 salvas de canhões. Acrescentam também que não será feito o habitual retrato oficial, esperando-se Isabel II junte a família num almoço no Castelo de Windsor. Falta saber se, como especulado, o príncipe Harry prolongou a estada no Reino Unido para estar perto da avó nesta data.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG