EUA

Pai de Britney Spears já pediu fim da tutela que durou 13 anos

Pai de Britney Spears já pediu fim da tutela que durou 13 anos

Jamie Spears, pai de Britney Spears, pediu o fim da tutela sobre a filha, esta terça-feira. O pai da cantora teve, nos últimos 13 anos, o controlo sobre as finanças e a vida de Britney.

"Como o Sr. Spears disse várias vezes, a única coisa que ele quer é o melhor para a sua filha. Se a senhora Spears quer o fim da tutela e acredita que consegue ter controlo da sua vida, o senhor Spears acredita que ela deve ter a sua oportunidade", indicou a advogada de Jamie Spears, Vivian Lee Thoreen. Num documento que foi apresentado, esta terça-feira, no Tribunal Superior de Los Angeles, Vivian Lee Thoreen referiu que "pode ser que já não haja motivos para continuar a tutela".

O advogado de Britney Spears, que representa a cantora desde julho, Mathew Rosengart, descreveu o anúncio como uma "vitória absoluta" para Britney mas avisou que vão continuar a procurar formas para processar o pai pela suposta direção negligente das finanças da cantora "Se o senhor Spears acha que pode fugir da justiça e das responsabilidades, incluindo uma declaração ajuramentada e de respostas sob juramento, está enganado".

Em junho, Britney Spears, acusou o pai de ter uma tutela "abusiva". Numa declaração ao tribunal, Britney implorou para lhe devolverem a sua vida e referiu que tinha o sonho de ser mãe mas não a deixavam retirar o DIU (dispositivo intrauterino).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG