Inglaterra

Cristiano Ronaldo advertido pela polícia por partir telemóvel a adepto

Cristiano Ronaldo advertido pela polícia por partir telemóvel a adepto

Cristiano Ronaldo terá sido alvo de uma advertência por parte das autoridades de Merseyside, na sequência do incidente em abril passado, quando partiu o telemóvel a uma criança de 14 anos, depois do jogo com o Everton.

"Podemos confirmar que um homem de 37 anos se apresentou voluntariamente e foi entrevistado relativamente à alegação de uma agressão e dano criminoso. A alegação diz respeito a um incidente após o Everton-Manchester United, disputado em Goodison Park, no sábado 9 de abril. A situação foi resolvida com uma advertência condicional. O assunto está encerrado", pode ler-se no comunicado emitido pela polícia de Merseyside. Segundo adiantou ainda o "The Guardian", o internacional português aceitou pagar uma compensação ao jovem.

PUB

A 9 de abril, Jake Harding foi vítima da insatisfação de Cristiano Ronaldo, que deu uma sapatada no telemóvel do jovem adepto do Everton, quando se dirigia para o intervalo do jogo do Manchester United frente ao Everton. Cristiano Ronaldo pediu desculpa pelo sucedido e convidou o jovem a assistir a um jogo do Manchester United.

"Jake ficou em choque total. É autista e também tem dispraxia, por isso, não digeriu bem o que estava a acontecer até voltar a casa. Está muito incomodado e desmotivou-o por completo de voltar a ver um jogo", disse Sarah Kelly, a mãe do jovem, em declarações ao "Liverpool Echo".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG