Futebol

Custódio sai do Braga, Artur Jorge assume comando técnico

Custódio sai do Braga, Artur Jorge assume comando técnico

Custódio está de saída do comando técnico do S. C. Braga. Artur Jorge, treinador dos juniores do clube, assume agora a equipa principal.

O presidente do clube minhoto, António Salvador, emitiu um comunicado onde anuncia a saída de Custódio Castro da liderança técnica da equipa de futebol e deixa um forte ataque aos árbitros portugueses e ainda ao Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, liderado por José Fontelas Gomes.

Custódio Castro aguentou-se apenas seis jornadas e, ao demitir-se, vai promover o quarto treinador do Sporting de Braga na edição 2019/20 da I Liga portuguesa de futebol. Depois de Ricardo Sá Pinto, despedido à 14.ª jornada, e Rúben Amorim, que rumou ao Sporting após a 23.ª, o ex-futebolista dos 'arsenalistas' foi o eleito de António Salvador, mas 'desistiu' após duas vitórias, um empate e três derrotas.

Custódio, de 37 anos, recebeu os guerreiros na terceira posição, quatro pontos acima do Sporting e deixa-os na quarta, pressionados pelo Rio Ave, quinto, que na terça-feira bateu precisamente os bracarenses, por 4-3, em Vila do Conde.

O jovem técnico protagonizou a 15.ª "chicotada" da época, em 11 equipas, resistindo apenas Sérgio Conceição (FC Porto), Carlos Carvalhal (Rio Ave), João Pedro Sousa (Famalicão), Ivo Vieira (Vitória de Guimarães), João Henriques (Santa Clara), Vítor Oliveira (Gil Vicente) e Natxo González (Tondela).

Artur Jorge, que estava nos juniores e iria pegar nos sub-23, vai assumir o lugar de Custódio.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG