Relatório

Futebolistas poupam muito até nos estudos

Futebolistas poupam muito até nos estudos

Os futebolistas das principais ligas nacionais, masculinos e femininos, são mais propensos a gerir o próprio rendimento do que a população portuguesa em geral.

Como estão inseridos numa carreira de curta duração, acautelam-se cada vez mais para o momento em que penduram as chuteiras. Têm por hábito realizar poupanças financeiras, embora quase um terço deles não invista a fundo nos estudos como plano B, também porque a carreira no futebol não lhes permite.

Estes dados surgem como resultado de um estudo pioneiro em Portugal, a que o JN teve acesso exclusivo e que será apresentado em Bragança, esta terça-feira.

Entre março e maio, foram realizadas entrevistas presenciais a 424 jogadores da Liga, LigaPro, Campeonato de Portugal e campeonato de futebol feminino. O questionário incluiu 16 perguntas e tinha como objetivo conhecer melhor os comportamentos financeiros dos jogadores.

Ler mais na edição impressa ou na versão e-paper

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG