Mundial 2018

Bernardo Silva: "Portugal conseguiu encostar o Uruguai ao meio-campo"

Bernardo Silva: "Portugal conseguiu encostar o Uruguai ao meio-campo"

No final da eliminação frente ao Uruguai, os jogadores lusos não esconderam a tristeza pelo adeus à competição e consideraram o resultado injusto.

"Temos que aceitar a derrota. Mas nos pequenos detalhes e faltas o Uruguai também perdeu bastante tempo. Cada um tem a tática e parabéns ao Uruguai. Talvez merecêssemos melhor, mas é assim nas grandes competições. Temos que estar ao mais alto nível e cometer o mínimo de erros possíveis. Saímos tristes. Parabéns ao Uruguai", começou por dizer Bernardo Silva, considerando que durante o encontro Portugal foi superior.

"O resultado não foi justo. Quem está de fora consegue dar uma opinião melhor mas, dentro de campo, senti que Portugal controlou, teve mais posse de bola, conseguiu encostar o Uruguai ao meio-campo adversário. Mas ganhou alguns duelos, saiu com muito perigo nos contra-ataques. Estamos muito desiludidos, mas parabéns ao Uruguai".

João Mário considera que Portugal "fez tudo" para ganhar o jogo

"O resultado não é justo, tivemos oportunidades e cantos, sofremos um golo contra a corrente do jogo e ficámos tristes. Isto no futebol é assim. Não foi possível. Estamos tristes, demos tudo até ao final. Acredito que Portugal fez tudo para bater o Uruguai, três remates, sofremos dois golos, infelizmente o futebol é assim, estamos muito tristes pois queríamos ir mais longe", disse o médio.

Ricardo Pereira considera que Portugal sofreu golo "contra a maré"

A grande surpresa no onze titular de Fernando Santos considerou o resultado "injusto" e ficou feliz pela titularidade.

"Estivemos bem, tivemos bola, tivemos oportunidades, tivemos cantos. Depois sofremos o segundo golo contra a maré, saímos tristes e desiludidos. Titularidade? trabalho para ter a minha oportunidade, que surgiu este sábado".

ver mais vídeos