Benfica

Jesus divide favoritismo na Supertaça

Jesus divide favoritismo na Supertaça

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, afirmou, nesta segunda-feira, que não há favoritos no duelo da Supertaça, frente ao F. C. Porto, agendado para quarta-feira, em Aveiro. "É um jogo de 50-50, qualquer equipa pode vencer, devido à sua qualidade", disse, em entrevista à RTP.

O facto de as águias terem perdido todos os jogos frente ao F. C. Porto, na última temporada, não vai ter influência durante os 90 minutos, segundo o técnico. "Sei que ganhou três vezes, mas isso é passado. Este jogo é uma final entre duas equipas com as mesmas ambições e nós pensamos que temos capacidades para vencer".

Os encarnados estão à frente do rival no campeonato, mas Jesus desvalorizou essa "vantagem". "Não sei quem vai chegar melhor ao jogo. Se for pela classificação na Liga, sabem como penso: quem está melhor é quem está em primeiro. Mas uma final é diferente, qualquer equipa pode vencer, independentemente até de jogar melhor".

Apesar de ser um encontro decisivo, Jesus disse que não será o mais importante da época. "É o primeiro jogo que define um título, mas mal de nós se fosse o mais importante. Vencer pode ser um fator importante para dar moral, mas não tem contornos positivos nem negativos para os objetivos de cada equipa, no resto da temporada".

Os dragões têm vários jogadores em dúvida. "A única certeza que tenho é a de que o Pepe não joga, devido à gravidade da sua lesão. Corona e Otávio? Não sei se jogam mas isso não vai mudar a minha estratégia", disse o treinador.

Relativamente à sua equipa, Jesus admitiu que o seu desempenho ainda está muito longe do que pretende. "O Benfica está ainda não está a 50% do que eu quero, está no meio daquilo que eu penso que a equipa vai render ao longo da temporada".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG