Futebol

Liga diz que "não houve nenhum pedido formal" do Belenenses SAD para adiar o jogo

Liga diz que "não houve nenhum pedido formal" do Belenenses SAD para adiar o jogo

A Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) garante que "não houve nenhum pedido formal" do Belenenses SAD a solicitar o adiamento do jogo com o Benfica, da 12.ª jornada da Liga.

O esclarecimento à agência Lusa através de uma fonte oficial da LPFP surge após o presidente do Belenenses SAD, Rui Pedro Soares, ter revelado que a meio da tarde comunicou ao organismo que não queria realizar o jogo nas atuais condições.

Rui Pedro Soares classificou como "uma vergonha" o facto de o Belenenses SAD, a debater-se com um surto de covid-19, ter sido "forçado" a jogar contra o Benfica, num jogo que as "águias" venceram por 7-0.

"Termos jogado aqui hoje foi uma vergonha para todos menos para os nove jogadores do Belenenses que se apresentaram em campo. O que se passou aqui hoje foi uma grande vergonha e não há regulamento nem calendário que justifiquem o que hoje aqui se passou", disse o presidente dos "azuis".

"A meio da tarde comunicámos à Liga que não queríamos realizar o jogo, mas foi-nos dito que tínhamos oito jogadores em condições de ir a jogo, e que se não fossemos seria falta de comparência", contou o presidente do Belenenses SAD.

Visivelmente alterado, Rui Pedro Soares frisou que aquilo a que se assistiu no Jamor "envergonha o futebol português" e que os únicos que merecem consideração são os jogadores do Belenenses SAD.

PUB

"Nunca na minha vida assisti a um comportamento tão digno como aquele a que assisti por parte dos nove jogadores. Em 48 anos já vi muitas atitudes dignas, mas nunca jogadores tão dignos como estes. Eles mostraram a todos o que é ter dignidade", sublinhou o presidente do Belenenses SAD.

O Benfica venceu o Belenenses SAD, por 7-0, em jogo da 12.ª jornada da Liga portuguesa de futebol, que terminou aos 48 minutos, por falta de jogadores da equipa "azul", reduzida a seis atletas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG