Exclusivo

Pinto da Costa defende restrições a não vacinados

Pinto da Costa defende restrições a não vacinados

O presidente do F. C. Porto não acredita que as portas dos estádios de futebol se voltem a fechar aos adeptos, mesmo com os números da pandemia a aumentar diariamente, e utilizou uma velha máxima do futebol para comentar as críticas feitas ao selecionador nacional.

Numa altura em que o número de novos infetados com covid-19 continua a aumentar e o Governo pondera novas medidas para enfrentar a pandemia, Pinto da Costa não acredita que o futebol seja obrigado a fechar as portas aos adeptos e que se volte a jogar à porta fechada em Portugal.

"Não acredito que se volte atrás. Toda a gente reconheceu que foi uma atitude tão estúpida que quem a determinou até tem vergonha de falar disso. Não se vai repetir. Admito, e não é só no futebol - a medida, tal como noutros países, até já devia ter sido tomada -, quem não está vacinado não devia poder frequentar sítios públicos. Assim reduzia muito o risco", defendeu o líder dos dragões, em declarações ao JN, dando o próprio exemplo para vincar a opinião.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG