Exclusivo

Redenção de Bruno Rodrigues e descarga emocional de Ricardo Horta

Redenção de Bruno Rodrigues e descarga emocional de Ricardo Horta

Autores dos golos da vitória por 2-0 do Sporting de Braga em Malmo têm vivido tempos agitados, por motivos diferentes. Êxito na Suécia alivia a tensão dos dois jogadores

Se Matheus elevou para cinco o número de jogos sem sofrer golos e o técnico Artur Jorge cimentou frente ao Malmo um início de época quase perfeito, houve dois jogadores que saíram da Suécia com ânimo renovado: Bruno Rodrigues e Ricardo Horta, autores dos golos no êxito por 2-0 com os suecos, no início da fase de grupos da Liga Europa.

Vamos por partes: Bruno Rodrigues, bem menos mediático do que o capitão, teve uma noite redentora, no primeiro jogo em que foi utilizado nesta época. Aposta frequente de Carlos Carvalhal nas duas últimas temporadas, o central, de 21 anos, abriu o marcador, na sequência de um canto, contribuindo para a vitória e dando uma imagem diferente, depois daquele jogo de má memória na época passada, na Moldávia, frente ao Sheriff, no play-off da Liga Europa, em que tinha sido um dos "culpados" do desaire, por 2-0, que ia afastando os minhotos dos oitavos de final.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG