Coronavírus

Três jogadores do F. C. Porto contra proposta da DGS para regresso do futebol

Três jogadores do F. C. Porto contra proposta da DGS para regresso do futebol

Três jogadores do F. C. Porto manifestaram-se publicamente contra o Código de Conduta proposto pela Direção-Geral de Saúde para o regresso do futebol aos relvados.

Danilo Pereira, Soares e Zé Luís recorreram às redes sociais para mostrar discordância com o documento revelado no domingo, que prevê um Código de Conduta em que os jogadores, clubes e organização assumem as responsabilidades inerente ao regresso aos relvados.

Os jogadores recorreram a imagens nas "stories" da rede social Instagram, nas quais demonstram, por gestos e sem palavras, a discordância com as regras propostas.

O documento com as sugestões da DGS preconiza, ainda, o confinamento de atletas e respetivas famílias até ao fim da época e defende jogos à porta fechada, impondo limites, ainda, à presença de pessoas no exterior do estádio.

Para facilitar essa situação, a DGS defendeu que os clubes devem "apoiar os atletas e as suas famílias" e recorrer a "entregas domiciliárias de bens e serviços".

O documento condiciona o regresso da atividade à realização de dois testes à covid-19 antes dos jogos, um nas 48 horas prévias ao encontro e outro o mais próximo possível da hora do pontapé de saída.

A DGS destacou ainda que as competições "devem ser realizadas no menor número possível de estádios" e todos eles devem permitir "a implementação de medidas de prevenção e controlo de infeção".

Outras Notícias