Futebol

Varandas: "O lance do Coates não seria anulado com os nossos rivais"

Varandas: "O lance do Coates não seria anulado com os nossos rivais"

No final do jogo com o Famalicão, Frederico Varandas deixou críticas à arbitragem e considerou que o golo de Coates "jamais seria anulado" a F. C. Porto ou Benfica.

"O VAR teve influência num momento capital. Este lance final do golo ao Coates, Benfica ou F. C. Porto nunca seria anulado. Nunca. O golo é limpo. No futebol existem erros. O que me preocupa é a natureza e a forma como é visto o VAR, curiosamente nos jogos em que perdemos pontos. Depois vai-se ao VAR tentar encontrar alguma coisa que justifique poder anular o golo. Se for preciso, põe-se uma câmara microscópica, com uma ampliação de 64 vezes, para ver que há um toque no braço e há razão para anular... Este golo jamais seria anulado aos nossos rivais", começou por dizer Varandas, garantindo que o grupo está ainda mais forte.

"Enquanto presidente do Sporting, custa-me muito ver quatro pontos retirados por se utilizar mal o VAR. Já falei com o presidente do Conselho de Arbitragem, que partilha da minha opinião, e o VAR tem de ser usado quando há erros gritantes. O árbitro valida o golo, depois é chamado pelo VAR, vai-se ver com visão microscópica e anula-se o golo. Em qualquer campo este golo é limpo. Sabem qual é a diferença? Seriam quatro pontos de avanço e começam a tremer... mas quanto mais tremem e fazem isto, mais força dão ao grupo. Garanto", concluiu.

Famalicão e Sporting empataram (2-2), este sábado no Minho, na nona jornada da Liga. Pedro Gonçalves marcou e foi expulso. Rúben Amorim também recebeu ordem de expulsão já na compensação.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG