Imagens

Últimas

Orçamento

PCP sem "grande evolução" que justifique viabilizar OE

Jerónimo de Sousa garantiu esta sexta-feira que as propostas do PCP "não são de instabilidade" e disse não haver "grande evolução" nas negociações com o Governo em torno do OE, após o partido ter prometido votar contra a proposta tal como está. Criticou uma discussão marcada pela dramatização sobre eleições antecipadas, rejeitando "futurologia". Já o anúncio do Governo sobre contratos coletivos é "um paliativo". Insistiu ser preciso acabar com a caducidade e não apenas suspendê-la.