Exclusivo

Bianchi voltou a ser detido logo após ser libertado pelo tribunal

Bianchi voltou a ser detido logo após ser libertado pelo tribunal

Hélder Bianchi, o líder do extinto gangue de Valbom capturado na quinta-feira em Braga pela Polícia Judiciária (PJ) do Porto por causa de um inquérito sobre tentativas de homicídio e assaltos a negociantes de ouro, foi esta sexta-feira libertado pelo tribunal, com apresentações diárias. Porém, foi logo detido por inspetores da luta contra o tráfico de droga. Munidos de um mandado de detenção, passado há meses, prenderam Bianchi, que deve ser amanhã ouvido por um juiz, por suspeitas de estar envolvido no tráfico internacional de centenas de quilos de haxixe.

Tal como o JN noticiou em primeira mão, o mandado que levou Bianchi a ser novamente detido prende-se com a apreensão, no Algarve, de 840 quilos de haxixe, com um valor estimado de mais de um milhão de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG