Exclusivo

Chinesa mandou torturar jovem por romper noivado com a filha

Chinesa mandou torturar jovem por romper noivado com a filha

Uma mulher e dois homens, todos de nacionalidade chinesa, foram acusados de, por vingança, sequestrar, torturar e filmar um homem após este ter terminado o noivado com a filha da mulher.

O homem foi despido e agredido com murros, pontapés, paus e choques elétricos. A tortura foi filmada e fotografada e as imagens partilhadas entre a comunidade chinesa de Lisboa. O caso ocorreu a 2 de dezembro do ano passado. Três arguidos foram agora acusados.

Segundo a acusação do Ministério Público de Lisboa, a vítima marcou um encontro com a arguida, comerciante, para resolver questões pendentes. O jovem terminara recentemente uma relação amorosa com filha da mulher e pretendia saldar despesas em dívida.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG