Lisboa

Mulher mandou torturar ex-namorado da filha por terminar relação

Mulher mandou torturar ex-namorado da filha por terminar relação

Um homem foi despido e agredido com murros, pontapés, paus e ferros e sujeito a choques elétricos, em Lisboa. A mandante e dois dos seis agressores, todos de nacionalidade chinesa, já foram detidos.

Segundo foi possível apurar, na origem dos crimes está o fim de um relacionamento amoroso. A mandante, mãe da mulher abandonada, não gostou que o pretendente tivesse acabado com a relação e decidiu vingar-se do homem.

A 2 de dezembro de 2021, seis homens, por ordem da arguida, sequestraram o ofendido por três horas, "período durante o qual o agrediram com murros, pontapés, paus de madeira e barras de ferro" e ainda o sujeitaram a choques elétricos com recurso a um "taser", descreve um comunicado da Procuradoria da República de Lisboa.

PUB

O suspeito foi despido e as agressões foram gravadas e fotografadas. Os agressores roubaram-lhe um telemóvel, no valor de 700 euros, e 65 euros em dinheiro.

A investigação do DIAP de Lisboa, em articulação com a Polícia Judiciária, permitiu identificar e deter a mandante e dois dos agressores.

Os arguidos foram sujeitos a primeiro interrogatório judicial e ficaram em prisão preventiva indiciados pelos crimes de roubo qualificado, sequestro agravado, ofensa à integridade física grave qualificada, gravações e fotografias ilícitas e detenção de arma proibida. A investigação prossegue.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG