Exclusivo

Condenado por servir bife alemão em vez de posta barrosã

Condenado por servir bife alemão em vez de posta barrosã

Gerente de restaurante tradicional de Braga e sociedade terão de pagar multa de 4020 euros por fraude sobre mercadorias.

O gerente e a sociedade proprietária de um restaurante de Braga foram condenados pelo crime de fraude sobre mercadoria. Uma inspeção da ASAE descobriu que vendiam carne de origem alemã como se fosse posta tipo barrosã. Foram condenados pelo Tribunal da Relação de Guimarães a pagar uma multa de 4020 euros.

O restaurante tradicional anunciava na vitrina e nas ementas "Posta Tipo Barrosã" a 19 euros a dose. Porém, a 9 de julho de 2018, uma inspeção da ASAE verificou que o restaurante "não possuía qualquer carne barrosã para confecionar ou confecionada". As postas eram de uma peça de 10,64 quilos de coração de alcatra vitelão, proveniente de um animal nascido, criado e abatido na Alemanha, adquirida por 159,16 euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG