O Jogo ao Vivo

Homicídio

Corpo de mulher esquartejado no Algarve é de motorista de TVDE

Corpo de mulher esquartejado no Algarve é de motorista de TVDE

Vários objetos pessoais levaram a Polícia Judiciária a concluir que o corpo encontrado, esquartejado e já em adiantado estado de decomposição, numa mala abandonada junto a um muro, em Almancil, no concelho de Loulé, é o de Sandra Andrade, a motorista de um veículo de transporte de passageiros (TVDE) que estava desaparecida desde junho.

A conclusão aguardará ainda a finalização do resultado dos exames de ADN realizados, mas a PJ já não terá dúvida de que os restos mortais são de Sandra Andrade. Os anéis encontrados no corpo correspondem com os usados por Sandra e a estatura do corpo e dimensão do cabelo também são coincidentes com a motorista de TVDE.

Por fim, a data do seu desaparecimento também corresponde com o estado de decomposição dos restos mortais.

PUB

A Judiciária procurará agora apurar as circunstâncias da morte.

O corpo foi encontrado por um popular que fazia trabalhos no campo e sentiu mau cheiro. Tinha sido desmembrado e metido dentro da mala, que aquele popular encontrou dissimulada com pedras, junto de um muro, numa zona de mato pouco acessível.

Em junho, Sandra Andrade desapareceu num dia em que estava de serviço. O seu carro seria encontrado, dias depois, sem sinais de ter havido luta dentro dele.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG