Premium

Erro em teste deixa PSP de Gondomar a trabalhar 14 dias infetado

Erro em teste deixa PSP de Gondomar a trabalhar 14 dias infetado

Agente de Rio Tinto, Gondomar, foi informado que não tinha covid-19, quando resultado tinha sido positivo. ARS garante ser alheia ao erro, mas não explica.

Um erro na comunicação do resultado de um teste à covid-19 fez com que um agente da PSP da Esquadra de Rio Tinto, em Gondomar, continuasse a trabalhar normalmente durante 14 dias, em abril, apesar de estar infetado, contactando com dezenas de colegas e outras pessoas.

O polícia, a quem foi comunicado um resultado negativo, recebeu, passadas duas semanas, um telefonema das autoridades de saúde a avisar que tinha havido um lapso e que, afinal, estava infetado. A Administração Regional de Saúde do Norte (ARSN) garantiu ao JN ser alheia ao erro, sem no entanto explicar como o mesmo aconteceu, nem se existem outros lapsos.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG