Exclusivo

"Escobar" brasileiro viveu dois anos em Lisboa com três identidades

"Escobar" brasileiro viveu dois anos em Lisboa com três identidades

Ex-major Sérgio de Carvalho lidera, a partir do Dubai, um dos maiores carteis mundiais de cocaína. Há três meses, escapou por pouco à PJ, que lhe apreendeu 11,7 milhões de euros em dinheiro. No Brasil, a polícia arrestou-lhe 37 aviões.

Sérgio de Carvalho, um dos maiores traficantes de cocaína do mundo, esteve a morar em Lisboa, durante quase dois anos. Com mandados de captura internacionais sobre si, este ex-major da Polícia Militar brasileira, de 62 anos, conseguiu passar despercebido na capital portuguesa, fazendo uso de três identidades falsas e dois apartamentos, entre 2019 e 2020. Em novembro, quando a Polícia Federal brasileira e várias polícias europeias avançaram com uma grande operação de buscas e detenções, Sérgio de Carvalho escapou por pouco à nossa Judiciária. Agora, instalou-se no Dubai, tirando partido da falta de cooperação judiciária deste emirado com outros países.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG