Extradição

Espanha entrega à PJ suspeito de assaltos e homicídios

Espanha entrega à PJ suspeito de assaltos e homicídios

Sidney Martins, o membro masculino do casal de assaltantes detidos em Espanha no dia 13 de agosto, foi entregue à Polícia Judiciária, esta segunda-feira, em cumprimento do mandado de detenção europeu emitido pela Procuradoria de Faro.

A informação foi veiculada por um comunicado da Polícia Judiciária que omite a situação da mulher, Nélida Guerreiro, de 40 anos, que fez dupla com Sidney Martins numa série de assaltos em estabelecimentos, primeiro na região algarvia e depois em Espanha, entre julho e o corrente mês de agosto.

As autoridades espanholas não entregaram a mulher a Portugal, por esta se ter oposto à extradição e se aguardar uma decisão da Justiça do país vizinho.

PUB

Quanto a Sidney Martins, o mesmo foi entregue à Polícia Judiciária através da fronteira terrestre de Aymonte/Castro Marim. "O detido vai ser presente às autoridades judiciárias nacionais, na comarca de Faro, nos prazos legalmente previstos", acrescentou a PJ.

Ainda segundo a Polícia, aquele homem "está fortemente indiciado da prática de vários roubos à mão armada, ocorridos no mês de julho, na região algarvia".

Sidney Martins e Nélida Guerreiro também são suspeitos dos homicídios de três membros de uma família de Donai, Bragança, num caso que está a ser investigado pela Polícia Judiciária de Vila Real, mas estes crimes não foram incluídos nos mandados de detenção europeus emitidos a partir da região algarvia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG