Exclusivo

Fuzileiro suspeito de pontapear PSP tem historial violento

Fuzileiro suspeito de pontapear PSP tem historial violento

Cláudio Coimbra agrediu militar da GNR e foi detido pela PSP por agressões junto a discoteca. Civil foi libertado esta terça-feira, mas tropas ficaram detidos.

Cláudio Coimbra, um dos dois fuzileiros suspeitos de terem agredido o polícia Fábio Guerra, já tem antecedentes criminais por agressões semelhantes, incluindo um ataque a murro a um militar da GNR. Atualmente estava obrigado a apresentações semanais no posto policial de Sesimbra, medida de coação imposta no âmbito de um processo judicial em curso.

Cláudio Coimbra, 21 anos (assim como o colega, Vadym Hrynko, 22 anos) permaneceu na cadeia, porque só esta quarta-feira será interrogado pelo juiz. Já o amigo dos militares, igualmente detido pela Polícia Judiciária (PJ) na noite de segunda-feira, foi libertado pelo Ministério Público.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG