10.07.2020

Fotogaleria

Mais de 17 mil armas destruídas na Maia

Mais de 17 mil armas destruídas na Maia

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, esteve presente numa ação de destruição de armas pela PSP na Maia, distrito do Porto, no âmbito do Dia Internacional de Destruição de Armas.

Eduardo Cabrita afirmou que o número de armas entregues por cidadãos ou apreendidas corresponde a "cerca de quatro vezes mais aquele que tinha sido realizado em 2015".

"Nos últimos anos, temos tido um crescimento muito significativo quer das entregas voluntárias, quer das apreensões", salientou.

As armas destruídas hoje foram declaradas como perdidas a favor do Estado no decorrer de processos-crime, processos de contraordenação ou entregas voluntárias.

Na ação foram destruídas 17183 armas, número que eleva para cerca de 200 mil as armas destruídas pela PSP desde 2014.

Do total destruído esta manhã, 7279 foram entregues, até ao dia 3 junho, voluntariamente por cidadãos no decorrer da alteração da lei de armas aprovada pela Assembleia da República.