Caldas das Taipas

GNR multa 15 em bar de alterne por falta de máscaras

GNR multa 15 em bar de alterne por falta de máscaras

O proprietário do clube noturno "Bora Lá", nas Caldas das Taipas, Guimarães, foi identificado por suspeitas de auxílio à prostituição pela GNR que aplicou 15 multas no bar por falta de uso de máscaras.

Para além do dono do "Bora Lá", de 43 anos, os militares da Guarda detiveram "um homem de 48 anos por exercer a atividade de segurança privada sem estar habilitado". Identificaram ainda 17 mulheres, levantaram 20 autos de contraordenação por irregularidades administrativas e 15 autos de contraordenação por falta da utilização de equipamento de proteção individual, nomeadamente máscaras.

O segurança foi constituído arguido e os restantes factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Guimarães para eventual inquérito do Ministério Público. O JN tentou, sem sucesso, contactar o proprietário do "Bora Lá". O espaço ficou conhecido nos anos 90 por ser a discoteca "Manias", no centro da vila termal, na Avenida da República, mas reabriu no início deste ano com o nome "Bora Lá".

Em comunicado, o Comando Territorial de Braga da GNR divulgou ontem os resultados de uma operação de combate à criminalidade geral envolvendo estabelecimentos de diversão noturna.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG