Exclusivo

Julgamento de jovens em Espanha pode acontecer só daqui a um ano

Julgamento de jovens em Espanha pode acontecer só daqui a um ano

Suspeitos de violação revelam que queixosas até tomaram o pequeno-almoço antes de sair.

Os quatro portugueses acusados de terem violado duas raparigas espanholas em Gijón entregaram dois vídeos que provam que não houve coação ou agressão sexual. Os lusos garantem que foram os quatro ao encontro das jovens e entraram todos juntos no hotel. Mais: antes de sair, elas tomaram o pequeno-almoço com eles, o que contraria a tese de violação.

O advogado Germán Inclán já entregou um recurso a pedir a libertação dos dois jovens que ainda se encontram presos nas Astúrias. Por ter caráter urgente, a decisão pode vir a ser conhecida já esta semana. Caso haja acusação formal, o advogado dos portugueses estima que o julgamento só se iniciará dentro de um ano, um ano e meio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG