Exclusivo

Mais condenados a penas de prisão por crimes na estrada

Mais condenados a penas de prisão por crimes na estrada

Especialistas defendem que penas suspensas ou pagar multas não tem efeito dissuasor. Em 2021, 390 condutores foram para a cadeia. Criminalidade na estrada a aumentar.

No ano passado, mais de três mil pessoas (3064) foram condenadas a cumprir pena de prisão - efetiva, suspensa ou substituída - por terem cometido pelo menos um crime rodoviário. Os dados do Ministério da Justiça, disponibilizados ao JN, mostram um aumento nos últimos três anos, nem sempre consecutivo. João Clemente, jurista e membro da MUBi - Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta, afirma haver uma "perceção social de que a criminalidade nas estradas não é punida, o que não é verdade".

Em comparação com 2019 (2870), no ano passado houve um crescimento de 6% das condenações que envolveram qualquer tipo de prisão por crimes rodoviários. Apesar de ter havido menos pessoas presas em 2020, (2394) - o que pode estar relacionado com a atividade condicionada dos tribunais no primeiro ano de pandemia -, os números voltaram a aumentar em 2021, uma subida na ordem dos 27%.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG