Exclusivo

Mais detidos por incêndio até agora do que em todo o ano passado

Mais detidos por incêndio até agora do que em todo o ano passado

PJ e GNR fizeram 146 detenções, mais 40% do que em 2021. Mais ignições, mais meios e investigação e melhor comunicação.

O número de incendiários detidos este ano já supera o número total de detenções registadas por este crime no ano passado. Até 9 de setembro, a Polícia Judiciária (PJ) e a GNR detiveram 146 suspeitos. Na totalidade do ano passado, haviam sido 104. Também este ano, a GNR já passou quase dois mil autos de contraordenação por desrespeito das regras preventivas contra os incêndios.

Fonte da PJ afirma ao JN que há vários motivos para este aumento de 40% de detenções de incendiários quando ainda falta cumprir um terço do ano. "Explica-se com o maior número de detenções em flagrante delito por parte da GNR, fruto do empenhamento de mais meios e de mais vigilância. Mas também com uma maior fluidez na comunicação entre os vários intervenientes no combate a este tipo de criminalidade".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG