O Jogo ao Vivo

Detenção

"Padre Gama" hipnotiza mulher para a violar durante exorcismo em Murça

"Padre Gama" hipnotiza mulher para a violar durante exorcismo em Murça

O homem, de 82 anos, conhecido como "padre Gama", que foi excomungado pela Igreja nos anos 70, foi detido esta sexta-feira pela Polícia Judiciária de Vila Real por ter violado uma mulher de 47 anos, durante uma sessão de exorcismo. Já foi colocado em prisão preventiva.

De acordo com informações recolhidas pelo JN, a violação terá acontecido na passada terça-feira, numa habitação de Murça, onde o Humberto Gama dá "consultas".

A vítima, que vive em Trás-os-Montes, procurou o antigo padre por estar numa situação de vulnerabilidade psicológica. Após ter sido aconselhada por um casal amigo, decidiu marcar uma consulta com o "padre".

Na meio da tarde de terça-feira, na habitação, Humberto Gama propôs à vítima hipnotizá-la para a "curar" do seu mal. A mulher aceitou, mas quando estava num estado de semiconsciência, o padre agarrou-a e violou-a. A vítima ainda tentou debater-se mas o estado hipnótico impediu-a de se defender para afastar o agressor.

Após a sessão, saiu da habitação e foi apresentar queixa contra Gama. Foi sujeita a exames forenses, cujos resultados, conhecidos esta quinta-feira, comprovaram as acusações da mulher.

O "padre" foi detido esta sexta-feira de manhã, na mesma habitação onde ocorreu a violação e onde estavam dezenas de pessoas à espera de uma "consulta".

PUB

O Tribunal de Vila Real decretou esta tarde a prisão preventiva.

Não é a primeira vez que Gama está envolvido num caso de crimes sexuais. Foi acusado pelo Ministério Público de Tomar por suspeitas de ter violado uma mulher de 61 anos, residente em Montemor-o-Velho, que havia recorrido aos seus serviços em Fátima, em 2018. Humberto Gama abriu instrução e o caso não chegou a julgamento.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG