Reação

Sindicato da PSP exige 25 anos de prisão para guarda prisional que matou polícia

Sindicato da PSP exige 25 anos de prisão para guarda prisional que matou polícia

SIAP pede ao Ministério Público que recorra do acórdão conhecido nesta sexta-feira. E aponta três razões que justificavam pena máxima

O Sindicato Independente dos Agentes da Polícia (SIAP) considera insuficiente a pena de 15 anos aplicada, nesta sexta-feira, ao guarda prisional que assassinou um agente da PSP, em dezembro do ano passado. E exige que o Ministério Público (MP) recorra do acórdão. "O MP tem o dever de promover a justiça e levar a julgamento quem comete crimes. Neste caso concreto, deduziu acusação por homicídio qualificado e resta-lhe recorrer", sustenta o sindicato.

Para o SIAP, a "pena ficou muito aquém da gravidade do crime cometido", porque tratou-se de um "homicídio premeditado e concretizado por um funcionário do Estado, um guarda prisional que tinha obrigação de maior responsabilidade na sociedade, contra outro funcionário (polícia)". O sindicato liderado por Carlos Torres defende, igualmente, que este caso "reúne todos os requisitos para a pena ser maior", até porque o "assassino matou intencionalmente um homem que estava a proteger uma vítima" de violência doméstica.

O SIAP destaca, ainda, "três circunstâncias que, objetivamente, deveriam servir para graduar a medida de pena no caso concreto", lembrando que o guarda prisional "utilizou o seu carro como arma", "fugiu do local, não prestando os cuidados que tinha obrigação de prestar", e "não teve intenção de se entregar". "Voltou ao seu local de trabalho, fingindo que nada aconteceu", refere.

O SIAP alega, assim, que "um assassino destes merecia 25 anos de prisão efetiva". "Este tribunal, responsável por aplicar a justiça, deveria ter sido mais duro. Deve a sociedade justiça a um polícia morto em ação, morto a proteger uma vítima", sustenta o sindicato que, por fim, faz uma questão: "quanto vale a vida deste homem, pai de família, deste polícia?".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG