O Jogo ao Vivo

Manifestação

Alunos protestam contra antena de telecomunicações em Famalicão

Alunos protestam contra antena de telecomunicações em Famalicão

Centenas de alunos da Escola D. Maria II em Gavião, em Famalicão, manifestaram-se na manhã desta sexta-feira contra uma antena de telecomunicações que está a ser instalada próximo do estabelecimento de ensino. Dizem-se preocupados com os riscos das radiações para a saúde.

"Fui informado há cerca de 15 dias que a antena estava colocada mas não estava ainda em funcionamento, e penso que a escola não foi ouvida", adiantou Luís Aguiar, pai de uma aluna do 5º ano notando que está preocupado com a situação. "O nosso objetivo é que antena não seja ligada", afirmou mostrando-se confiante que a Câmara Municipal "altere a sua posição.

A Câmara de Famalicão adiantou ao JN que aguarda um parecer da Direção Geral da Saúde (DGS) para tomar posição. Fonte da Autarquia acrescentou que receberam um "processo de licenciamento" do equipamento que cumpre todos os requisitos legais, contudo perante o "alarme social e a proximidade da escola" solicitou um parecer à DGS sobre as eventuais interferências do equipamento na saúde.

"Segundo Organização Mundial de Saúde, a Direção Geral de Saúde e as normas da União Europeia estas antenas não devem ser nunca colocadas junto a escolas e creches, que é justamente onde está colocada, e a zona de maior radiação é entre os 50 e os 200 metros, que é onde está colocada a escola", adiantou o Henrique Faria, professor presente no protesto.

Segundo o docente a direção da escola enviou comunicações sobre o assunto a várias entidades mas por escrito não recebeu qualquer resposta. A direção da escola não quis falar aos jornalistas.

A antena está instalada em terrenos do lar S. João de Deus da Santa Casa da Misericórdia, com quem o JN já tentou falar, mas até ao momento não conseguiu. Paulo Correia da Associação de Pais disse estar "desagradado" com a colocação da antena, demarcando-se contudo da organização manifestação que atribui aos estudantes. "Estamos em reuniões com a Câmara Municipal e temos a garantia de que vai fazer tudo para a tirar de lá", avançou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG