Exclusivo

Soraia e Salvador: os gémeos que vieram de Kiev para a Covilhã

Soraia e Salvador: os gémeos que vieram de Kiev para a Covilhã

Só à sétima gestação de substituição, em 2019, Liliana e Gonçalo conseguiram ser pais.

"Os meus ricos cachopos nasceram na Ucrânia, mas são portugueses da Covilhã". Liliana, 36 anos, mãe dos gémeos Soraia e Salvador, é uma mãe feliz. Gonçalo, 40 anos, o pai dos "cachopos", desfaz-se em mimos e beijinhos e abraços, e nenhum dos progenitores consegue imaginar a vida sem as gargalhadas, as brincadeiras e as traquinices dos gémeos que nasceram, há três anos, em Kiev.

A história do casal nem sempre foi feliz. Há oito anos, uma gravidez "normal" acabou com um bebé morto no parto e com a mãe em estado grave. Durante o internamento no Hospital da Covilhã, Liliana teve que retirar o útero. "Soube que não podia ter filhos e o meu marido, enquanto estive internada, começou a procurar formas de termos filhos mesmo eu não podendo engravidar", recorda Liliana. A possibilidade de ir à Ucrânia e recorrer a uma gestação de substituição começou, desde logo, a ser uma hipótese para o casal. Pelas redes sociais, Liliana e Gonçalo foram entrando em grupos onde o tema era discutido e onde eram partilhadas experiências.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG